Como monitorar seu nome no Google

Depois que escrevi meu último artigo sobre a forma como o Google exibe nosso nome na sua página de resultados (caso não tenha lido o artigo clique aqui), muitas pessoas me perguntaram qual seria uma forma eficiente de monitorar seu nome.

 

Segue aqui um conjunto de ações simples e imbatíveis para fazer este monitoramento. Antes de começar gostaria apenas de fazer uma explanação sobre a ferramenta que iremos usar, o Google Alerts.

 

Google Alerts é um serviço gratuito fornecido pelo próprio Google que lhe envia um e-mail sempre que os termos que você escolher for indexado por ele.Exemplo:

 

Você cria um alerta com seu nome “João da Silva”.

 

Hoje alguém cita seu nome em um comentário de um blog qualquer, o comentário está ali aparecendo nos comentários daquele blog, mas o Google ainda não sabe disso. Amanhã o robô do Google passa para ver se houve alguma mudança neste blog e encontra aquele comentário novo. Ele copia aquele comentário e leva para os servidores do Google, indexando assim a nova informação. Neste momento o Alerts lhe envia um e-mail informando que ocorreu esta indexação e lhe fornecendo um link do blog onde seu nome está. É bom lembrar que o Alerts somente vai lhe avisar das indexações que acontecerem de agora em diante.

 

Com esta ferramenta você pode criar 4 alertas básicos:

 

1 – seu nome completo

2 – seu e-mail

3 – seu CPF

4 – seu RG

 

Vamos mostrar detalhadamente como fazer isso

 

1- acesse www.google.com/alerts você vai ter esta visão:

2 – preencha os campos como indicado abaixo:

1– Coloque o termo a ser monitorado, seu nome, por exemplo. É interessante usar o nome entre aspas para que o Google só lhe alerte caso encontre seu nome inteiro e nesta ordem

 

2– Deixe marcado “Tudo”

 

3 – Aqui você configura com que frequência quer receber os alertas. Eu prefiro “Uma vez por dia”, assim já fico sabendo deste novo resultado no mesmo dia que ele é encontrado pelo Google.

 

4– Aqui é preciso prestar atenção. Deve-se alterar de “somente os melhores resultados” para “todos os resultados”. Caso você não faça esta alteração o Google só lhe enviará alertas dos resultados que ele julgar mais relevantes, e como não queremos deixar este julgamento a encargo do Google vamos fazer a alteração e receber todos os resultados.

 

5– Você coloca o e-mail para onde o Google vai enviar os alertas.

 

6– Caso você tenha uma conta Google Você pode gerenciar todos os seus alertas, edita-los ou excluí-los.

 

3- Repita a mesma operação para seu CPF, e-mail, e RG, no caso do CPF e RG, e lembre-se de usar as aspas e de colocar os pontos e hifens que normalmente são usados.

 

Com estes alertas configurados, você poderá ficar mais tranquilo com relação a seus dados pessoais, pois ao menos vai ficar sabendo quando eles forem indexados pelo Google e em que site eles estão.

 

Para concluir saibam que o Alerts não é “real time”, ou seja, se você escrever seu nome em um site qualquer, não espere receber um e-mail do Alerts imediatamente, lembre-se que o site em questão precisa primeiro ser visitado pelo robô do Google para que o resultado seja indexado e você alertado. Sites que são atualizados constantemente são visitados com muita frequência pelo robô e sites alterados com pouca frequência recebem também visitas mais espaçadas do robô.

Write a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *